Associações

Colectividades/ Associações Culturais e Recreativas

Fábrica da Igreja Paroquial de Pombeiro da Beira - comissão de cariz religioso constituição legalmente na década de 40.

Comissão de Melhoramentos da Freguesia de Pombeiro da Beira - fundada no ano de 1951, por iniciativa de um grupo de Pombeirenses residentes em Lisboa e que queriam ajudar no desenvolvimento e no progresso da sua terra natal.

Obras realizadas: Elaboração do projecto e comparticipação da electrificação da freguesia; Elaboração do projecto de construção de estrada de ligação entre Pombeiro da Beira e Arganil, tendo como impulsionador o Comendador José Lopes Ferreira, da Sarnadela; Abastecimento de água do lugar da Chapinheira; Reconstrução da Residência da Professora na Sarnadela; Construção de arruamento em Aveia em articulação com a Junta de Freguesia.

Comissão de Melhoramentos de Vilarinho do Alva - fundada no ano de 1954, por iniciativa de um grupo de naturais residentes em Lisboa.

 Obras realizadas: Reconstrução da Capela; Captação e abastecimento de água à população; Projecto de calcetamento da rua principal; Colaboração na electrificação pública; Abertura de estrada que liga a povoação a Sabouga; Remodelação do coreto e capela e outras infra-estruturas de apoio; Abertura de estradas e caminhos flrestais; Construção da Casa de Convivio/Sede.

Actividades em curso: Organização de actividades de cariz recreativo e cultural.

Comissão de Melhoramentos do Casal do Frade - terá sido fundada nos anos 30, oficializada em 1955, por iniciativa de um grupo de naturais a residir em Lisboa.

Associação da Comissão de Moradores do Salgueiral - fundada no ano de 1975.

 Obras realizadas: Construção da Casa de Convivio/Sede; lavadouro público; colaboração na obra do abastecimento de água ao domicilio; prolongamento da rede eléctrica e arranjo de caminhos e arruamentos.

Associação Recreativa e Cultural da Sarnadela - fundada no ano de 1982, por iniciativa de um grupo de naturais.

 Obras realizadas: Construção da "Casa de Convivio de Sarnadela"/Sede.

Comissão de Melhoramentos de Couços, Eira-Velha e Alcaria - fundada no ano de 1988.

 Obras realizadas: Aquisição de terreno e construção da Casa de Convivio/Sede; reparação de alguns arruamentos e caminhos.

Associação de Melhoramentos de Covais - fundada a 7 de Junho de 2004

 Obras realizadas: Recuperação da Escola Primária para sede da Associação e espaço de convívio.

Associação Juvenil "Os Columbinos" - fundada no ano de 1992, por iniciativa de um grupo de jovens Pombeirenses.

 Obras realizadas: Construção do pavilhão Polidesportivo da Freguesia.

Actividades em curso: Organização de actividades culturais, recreativas, desportivas a nivel da freguesia; Concurso de Pesca Desportiva de rio; Programa de OTL; projecto com as Escolas/Colectividades/Autarquias.

Rancho Infantil e Juvenil "Columbinos" da Freguesia de Pombeiro da Beira - grupo constituído em Março de 2001 e a primeira actuação oficial ocorreu a 12 de Maio do mesmo ano.

  O Rancho Infantil e Juvenil Columbinos, pertence à freguesia de Pombeiro da Beira, concelho de Arganil, distrito de Coimbra. O seu nome "Columbinos", foi rebuscado nas raízes da história da nossa terra atribuídas aos romanos e/ou lusitanos, uma vez que a sede de freguesia, Pombeiro da Beira, se situa no "monte Columbino". Este rancho foifundado em Março de 2001, em consequência de uma forte e rica tradição folclórica do povo da nossa terra, tendo na década de cinquenta o Rancho Folclórico Estrelas da Arroça feito as "honras da casa" com várias actuações até à sua extinção na década de sessenta. Com esforço, conjugado com algumas boas vontades, nomeadamente do grupo de pessoas liderado pelo Dr. Avelino Pedroso, presidente da Junta de Freguesia de então e dos jovens dos vários lugares da freguesia, que tendo em comum um enorme gosto em manter as tradições, usos e costumes da região, decidiram-se juntar-se e desse modo formar algo que representasse esses seus interesses.   Contaram com o precioso apoio dos seus pais, que desde logo se dispuseram a participar. E assim se deu inicio ao Rancho, ao qual se juntou um grupo de pessoas rodadas nestas andanças. Teve a sua primeira actuação em palco no dia 12 de Maio, por ocasião da Festa da Freguesia/Feira de Maio organizada pela Junta de Freguesia, sendo apadrinhado pelos conterrâneos Maria Odete dos Prazeres Ferreira, de Pombeiro da Beira e pelo saudoso conterrâneo António Lopes do Vale Diogo, não tendo parado com as suas recolhas de cantares, músicas, danças, usos e costumes pelos 31 lugares que constituem a freguesia. Os cantares predominantemente da nossa região sãodançados quase sempre à roda, destacando-se os temas da amizade, saudade o encanto e desencanto amoroso, as preces das romarias, as brincadeiras, o passado da aldeia, nos terreiros, nas eiras e a caminho das romarias.   Usando os trajes típicos da Beira, com saias pelos artelhos e tradicionais tamancos, que tentam representar aspectos relacionados com as nossas actividades, vivências e características sócio-económicas. Tantas as raparigas, como os rapazes usam trajes do campo, assim como os trajes domingueiros, de irem às feiras e romarias, os meninos da escola, tal como os noivos usam o devido traje para o seu casamento. Trajos do campo, característicos de artes e ofícios, e do ricos, oriundos da burguesi,  representando o Visconde e a Viscondessa de Pombeiro. Tem actuado em vários Festivais de Folclore, do Minho ao Algarve, e em festas e romarias da região. Realiza todos os anos um Festival de Folclore, em Pombeiro da Beira, no inicio de Junho.

Ler 4010 vezes
Mais nesta categoria: « Heráldica
Timber by EMSIEN-3 LTD